quarta-feira, 24 de março de 2010

País esquizofrénico, país bipolar - Ditirambo á moda de Cesariny

.

País que arde mansinho junto ao mar     (Ortofrenia)
Que em todas as ruas se encontra e em todas as ruas se perde     (Pena capital)
Capaz de vender geradores eólicos aos marroquinos,
Mas capaz de condenar as gerações futuras à ignorância , à incultura, ao vandalismo e à insegurança,
porque ostracizou , dentro dele mesmo país,
os professores e os médicos.
E porque os sábios que dizem que sabem
não sabem como organizar os empregos produtivos.
País em que chove de noite e de dia brilha o sol,
País que sofre de doenças mentais
sem que os sábios que o governam soubessem
E talvez “et pour cause”
ficassem surpreendidos por verificarem a distancia
entre a realidade e a perceção que dela tinham.
Mas que faz pulseiras e brincos de filigrana,
que escreve o Scherzo fantástico muito antes de Stravinsky 
e que ensina as crianças quando
dezenas de mãos femininas trabalham a atmosfera.     (Dorme meu filho)

Senhores sábios e poderosos,
Mais respeito por quem limpa as casas e os escritórios
e por quem faz o vinho da Amareleja e da Granja,
e que merece
aclamações.      (Ortofrenia)





Este texto foi motivado pela notícia de que de um estudo feito com algum cuidado por especialistas resultou que 23% de portugueses sofre de doenças mentais.

É um escandalo que os sábios que recomendam ao povo que aumente a sua produtividade e a sua competitividade ainda não se tivessem apercebido do desastre e tivessem sistematicamente ignorado os avisos que lhes chegaram, ou que não quiseram ler, de quem se defrontava com os efeitos dessas doenças no trabalho diário nas empresas.
Se continuarmos assim, a fazer só apelos aos aumentos de produtividade e de competitividade, que, como se sabe doutras sociedades industrializadas, é um dos principais fatores das depressões nervosas, pode ser que de 23% se chegue aos 51%.
E então, ser normal será ser psicótico?
Se 51% de cidadãos duma democracia não forem democratas a democracia continua  a ser democracia?

Foram respigados alguns versos de poemas de Mário Cesariny, indicando-se entre parênteses os nomes do poema a que pertence o verso.
Luis de Freitas Branco compõs o Scherzo Fantástico.
Ortofrenia é um neologismo que significa pensamento (frenia) correto (orto).






 
_____

Sem comentários:

Publicar um comentário