sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

18 de janeiro de 1934


Já se vê pouco nos jornais, a referencia à efeméride da revolta da Marinha Grande, em 18 de Janeiro de 1934.
O gauleiter de Leiria foi muito eficaz. Consta que chegou a acorrentar sindicalistas à frente de uma locomotiva para evitar a sabotagem das linhas.
Muitos cidadãos de então terão apoiado a repressão da revolta, para se poder viver a paz salazarista.
Tal como muitos cidadãos agora reprovam as greves contra a politica pró desemprego do atual governo.
Como os economistas explicam com a lei de Philips, aumentar o desemprego é necessário para reduzir a procura e as importações, e assim conter os preços; isto só é possível porque os progressos tecnológicos permitem reduzir os custos de produção; entretanto, o crescimento económico, que poderia evitar o desemprego,  é limitado gravemente devido aos elevados custos de produção da energia primária, que têm de ser artificialmente, isto é, politicamente contidos de modo a evitar o desenvolvimento das energias renováveis.
Enfim,  repito o “post” de 18 de janeiro de 2010:

Sem comentários:

Publicar um comentário