domingo, 7 de setembro de 2014

A experiencia dos macacos

Foi muito falada a experiencia dos macacos, do escadote,das bananas e do castigo.
 Um grupo de macacos era colocado numa sala em que no cimo de um escadote estavm bananas. Porém, as bananas estavam embrulhadas num arame e este ligado a um circuito elétrico que provocava um choque quando o macaco tentava apanhá-las.
Substituiam-se progressivamente  os macacos e verificou-se que os macacos mais antigos impediam os macacos novos de subir o escadote, mesmo depois de se ter desligado  o circuito elétrico.
É uma analogia com os credores que deixaram cair as taxas de juro (talvez tivessem percebido que estavam a matar algumas galinhas de ovos de ouro) e com o zelo da senhora ministra das finanças avisando do perigo de renegociarmos a dívida.
Os macacos também estabeleciam um paralelismo entre a vontade de atingir as bananas e o castigo. Não assente em nenhum critério científico ou expermental(o circuito elétrico tinha sido desligado), mas numa crença mágica de relação entre os dois e de fé no que outros achavam (um pouco como o senhor presidente que acreditou no que o senhor governador do BP disse sobre a almofada no fim d julho, com base no que tinha lido no relatório do 1ºtrimestre da entidade prevaricadora -deviam estudar a teoria da predição de Wiener).
A senhora ministra foi muito clara: não podemos liquidar o empréstimo do FMI (que está com juros superiores aos do "mercado") porque os outros credores podem também querer.
Parece-me um pensamento mágico pior do que o do juiz americano dos fundos abutre.
Então o credor está a receber um juro razoável e vai querer a antecipação quando os juros estão mais baixos?
Sinceramente, como diz a minha neta de 7 anos.

Sem comentários:

Publicar um comentário