quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Dresden, o monumento contra a guerra em fevereiro de 2017

https://www.theguardian.com/world/2017/feb/07/dresdens-bitter-divide-over-aleppo-inspired-bus-barricade-sculpture





Dresden, sem objetivos militares, sofreu um bombardeamento no final da II grande guerra como simples retaliação, justificado por Churchill para abater o moral da Alemanha. Só que matou mais de 20 000 civis. A câmara encomendou a um artista sírio-alemão uma escultura contra a guerra. E instalaram 3 carcaças de autocarro, recriando o que se fez em Alepo, para proteção das pessoas contra os atiradores furtivos.
Não é bonito, o monumento, mas a guerra não tem nada de bonito, e há tendencia para esquecê-lo.

Sem comentários:

Publicar um comentário