segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

À venda


Concordo com o governo, há matéria para vender aos reformados escandinavos (a propósito dos beneficios fiscais para residentes não nacionais).
Mas já não concordo com a venda.
Aluguer temporário, talvez, como fizeram os ministros de D.João IV, com as concessões do sal e do comércio com o Brasil, enquanto não se descobriu o ouro (no caso atual, enquanto não se operacionaliza a produção e a exportação de energia eletrica de origem renovável).

Sem comentários:

Publicar um comentário