quarta-feira, 2 de março de 2016

Trumbo




Sou um sentimental.
Comovo-me ao ver um filme como este.
Sobre o período da caça -ás bruxas do senador McCarty.
Trumbo é, apesar de centrado na personagem, um filme bem feito e honesto.
Comovi-me com a conversa com a filha (quando na escola outra aluna aparece sem comer, que fazes? partilho respondeu a filha), com a ingenuidade do Rapaz e o touro,  e mais ainda quando descubro que Kirk Douglas foi coprodutor de Spartacus, que eu vi em 1962 e que muito me surpreendeu nessa altura por vir dos USA.
Nestes tempos em que nos arriscamos a ter na casa branca um ainda pior que Reagan (que aparece no filme, juntamente com John Wayne, no papel de delator dos colegas), conforta saber que do outro lado do Atlântico há quem pense como nós.
Gostei também de saber que Gregory Peck e Lucile Ball tiveram atitudes corajosas contra a caça às bruxas.

Sem comentários:

Publicar um comentário