quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Wir leben autos

Wir leben autos

Este é o tema do anúncio dos automóveis Opel.
Nós gostamos de automóveis.
Eu também.
Por isso me desgostam a recusa da GM a vender a Opel, o fecho da Saab e, agora, o anúncio pela Audi de que, até 2012, orçamentou 7 300 milhões de euros para desenvolver novos modelos, construir uma nova fábrica e lançar 8 novos modelos de luxo até 2015.
Não é sustentável continuar a fabricar modelos de luxo, mas os fabricantes de automóveis que receberam ajudas públicas insistem.
E alguns dos que não receberam, como a Audi, querem correr os riscos de vir a ter de as receber também.
A mim, que gosto de automóveis, parece-me que não é o caminho.
Será que um belo dia a UE terá de emitir uma directiva a limitar a potência dos automóveis?
Esperemos para ver.


.

Sem comentários:

Publicar um comentário