segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Publicidade gratuita - "a sabedoria das multidões" e "muitas cabeças pensam melhor"

'

Sugestão de leitura de férias, passe a publicidade: a editora Lua de Papel está a vender por 15 euros um conjunto de dois livros: "A Sabedoria das Multidões" (James Surowiecky) e "Muitas cabeças pensam melhor" (Barry Libert/Jon Spector).
O primeiro contem as regras de gestão de projetos e empreendimentos suscetíveis de emendar os  erros muito portugueses, típicos  de imobilismo e ineficiência; confesso que estou um bocadinho cansado de lhe fazer publicidade sem ver os leitores a renderem-se aos seus, dele livro, méritos (a única referência que vi ao livro foi de Manuela Maria Carrilho, elogiosa).
O segundo é uma curiosidade e vale pelo título e por ser o resultado de inquéritos de opinião sobre ideias para melhorar ou criar negócios através do site http://www.wearesmarter.org/ . Trata-se de um exemplo de um livro "wikibook" sobre gestão e de "crowdsourcing" (fonte de inspiração a partir da sabedoria das multidões - ver a definição nas primeiras páginas do livrinho).
Num país em que qualquer ideia é considerada pelo "senso comum" como estar a meter a foice em seara alheia e a desafiar a "competência" dos decisores, era interessante que as pessoas aderissem à ideia e que isto funcionasse.
Mas o respeito pelos estatutos, pelas hierarquias, o comodismo, o cinzentismo do deixar andar, a nossa falta crónica de inspiração, até os exemplos pouco felizes das "caixas de sugestões", convidam ao pessimismo de que poucos dos leitores vão seguir a sugestão e emitir ideias.
Penso que é pena. Mais valia isso do que seguirmos ao pormenor as polémicas que vêm na comunicação social.
Salvo melhor opinião, claro.
Citação de Einstein em "Muitas cabeças pensam melhor": "Se a ideia não começar por parecer absurda, não tem qualquer hipótese".


_____________________________________

Sem comentários:

Publicar um comentário