segunda-feira, 2 de abril de 2012

Auto-estradas

Com a devida vénia ao DN e a José Bandeira, que parece ter uma visão correta do que o governo pensa da problemática do transporte coletivo em Portugal face ao volume de infraestrutras dedicadas principalmente ao transporte individual.
Anoto que vão iniciar-se obras de alargamento de alguns troços de auto-estradas no Norte, Estes troços têm efetivamente, grande ocupação, mas não deixam por isso de constituir grave desperdício em termos de combustível se se mantiver a quota de deslocações em transporte individual.

Sem comentários:

Publicar um comentário