sexta-feira, 20 de junho de 2014

Obrigado, FMI, por tão sábios conselhos


Obrigado, FMI, por tão sábios conselhos, ver

http://portocanal.sapo.pt/noticia/29362/

Que seria de nós, pobres países periféricos endividados, se não chamassem a atenção para a necessidade do BCE comprar ativos públicos para combater a reduzida taxa de inflação e baixar os juros das dívidas públicas.
E também que se devem reduzir as ligações entre os Estados e os bancos (também achamos, como o presidente Jackson dizia, que alguns bancos dá-lhes para serem um ninho de víboras).
Mas agradeciam que tivessem pudor quando dizem que o desemprego jovem é inaceitável.
Então o desemprego elevado não é o resultado das leis do mercado e uma medida eficaz para conter os preços através da redução da procura?
Não é nisso que vocês acreditam e não são os vossos dogmas que nos têm sido impostos, sempre de acordo com as leis do mercado?
Não quererão que vos chamemos hipócritas?
Bem, e se lessem o manifesto dos economistas aterrorizados?
Ver
http://fcsseratostenes.blogspot.pt/search?q=economistas+aterrados

Sem comentários:

Publicar um comentário