sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A Numérica

A Numérica é uma editora portuguesa de discos  de musica dita erudita, jazz e pop, tambem portuguesa.
Oiço na Antena 2 a entrevista com o seu produtor.
Alguns dos seus discos são de muito interesse, desde musica de Emanuel Nunes eVitorino de Almeida aos coros de camara com as canções de Lopes Graça.
Diz o produtor que a venda de 1.000 exemplares de um disco é considerada um sucesso.
A dimensão do país é assim e, a avaliar pelas dificuldades de outros países com dimensão mais favorável, talvez seja suficiente para um critério de viabilidade.
Com a condição de haver política estratégica do ministério da Cultura.
Que era do que se queixava o produtor: de falta de estratégia a nível político, não de subsídios.
Mas como esperar que os nossos políticos consigam traçar uma estratégia a nível nacional sem conhecer os problemas reais e sem dar mais importancia à cultura do que aos números, não os da Numérica, mas os da economia dos cortes cegos?
Sinceramente, eu não espero; nem eu nem Ricardo Pais nem Mario Laginha, que já disseram o que tinham a dizer sobre a incongruência da nova gestão do teatro nacional de S.João.
Pobre cultura portuguesa.


Ver informação sobre a Numérica em:

http://www.numerica-multimedia.pt/

Sem comentários:

Publicar um comentário