sábado, 23 de outubro de 2010

Alcantara no Outono


Visto das Docas de Alcantara, o MSC Orchestra.
Navio de cruzeiros de 89.600 toneladas, 294 m de comprimento e 18 m de calado.
Isto é, pode atracar no terminal de Santa Apolónia na maré alta.
Na maré baixa não.
Isto é, não deve atracar nem na alta.
A CML continuará a pensar em desativar o terminal de cruzeiros de Alcantara?
Será possível?

Registo assim o fenómeno turístico que continua a compensar em parte o desequilíbrio da balança de pagamentos (apesar do representante da companhia MSC fazer um chamariz a turistas portugueses), com o terminal de cruzeiros de Alcantara a funcionar bem.

Mantenho o anterior parecer (que aliás nem é meu, é dos especialistas), que o terminal de contentores de Alcantara não deve ser ampliado (também não pretendo fechá-lo já) e, quando o movimento o justificar, deve ser construido o terminal principal no fecho da Golada.

Mas era bonito deixar Santa Apolónia sossegada.

Sem comentários:

Publicar um comentário