domingo, 3 de outubro de 2010

Very fast post in blog 35 - o misterioso caso do fundo de pensões

O autor deste blogue, ignorante das engenharias financeiras, incomodado por não perceber as vendas e alugueres de edificios do ministério da Justiça e dos CTT, e mal refeito do choque da transferencia do fundo de pensões da PT como receita extraordinária para combater o defice (deuses, o teorema da conservação da energia diz que o que se ganha agora vai ter de se pagar mais tarde porque nada se cria do nada), recebeu a notícia de que a CGD vendeu o edificio sede da Av.João XXI à sociedade do fundo de pensões da própria CGD, ficando a pagar renda ao dito fundo e a poder readquirir o imóvel 20 anos depois.
Mais uma vez invoco os deuses com Mercurio à frente e confesso a minha incapacidade de adesão a estes esquemas de financiamento. Até porque a manutenção daquele edificio deve ser um fator complicado em todo o processo.
Mas lá está. Deve ser o autor deste blogue a ter dificuldades de aceitação de inovações.

Sem comentários:

Publicar um comentário