terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O yuppie do Brás e Brás





Travessa de S.Domingos, a rua do Brás e Brás desde 1777




O yuppie (young urban professional) tomou as rédeas do Brás e Brás por meios legítimos, através dos mecanismos estatutários da assembleia de acionistas.
A sua experiencia de gestão era muito curta e sempre fora protegida pelos familiares e pelos conhecidos já lançados no mundo dos negócios.
Apesar da sua juventude, convenceu acionistas do Brás e Brás a vender-lhe ações, convenceu os quadros e os trabalhadores a apoiá-lo.
Assim que tomou o poder, deu o dito pelo não dito e começou a aplicar as suas receitas, mais ou menos teóricas.
O Brás e Brás era um grupo com um volume de negócios interessante, o principal fornecedor da industria de restauração e hotelaria.
Apesar do contexto ser favorável, o Brás e Brás foi fechando secções, reduzindo pessoal, entrando francamente na zona dos prejuízos, tudo de acordo com as receitas teóricas.
Felizmente o yuppie anda agora longe, não sei onde, as antigas instalações foram vendidas para construção de um hotel e os empregados sobreviventes estão numa nova loja, na Rua do Poço do Borratem.
História típica de yuppies.

Sem comentários:

Publicar um comentário